Sem título

3ª edição do SALVE O SOM começa com sucesso de público e exemplo de solidariedade

Primeira noite do projeto une música e reciprocidade e arrecada cerca de R$ 5 mil para ajudar profissionais de saúde. Nesta quinta-feira, o projeto continua com shows da Banda Xéu e do sertanejo Gleno Rossi

A noite estava chuvosa e o vento soprava frio, mas uma boa música ajudou a aquecer quem acompanhava a primeira noite do “Salve o Som”, projeto de live do Sindilegis, Sindjus, Legis Club Brasil, Sindienfermeiros-DF e agência Fermento, que une música e solidariedade. A banda All Stars inaugurou o palco da 3ª edição e relembrou grandes clássicos do rock nacional. Certamente, um presente para os internautas saudosos de Renato Russo, Cazuza e Raul Seixas. Em seguida, foi a vez da dupla Pedro Paulo & Mateus espantar de vez o frio com um bom sertanejo. O vozeirão inconfundível da dupla ultrapassou a barreira da tecnologia e, sem dúvida, transformou os lares em casas de show.

A 3ª edição acontece para ajudar profissionais de saúde que arriscam suas vidas na linha de frente no combate à Covid-19. Unindo-se ao sucesso de público, a primeira noite do projeto “Salve o Som – Juntos pela música e pela vida” mostrou que o altruísmo é característica marcante dos brasileiros, em uma arrecadação significativa em dinheiro, cestas básicas e equipamentos de proteção individual.

Por volta das 21h30, a dupla sertaneja se despediu do público que curtia a live-show no conforto de casa. Mas o “Salve o Som” deu apenas um até breve. Afinal, o projeto continua. Hoje, quinta-feira (8), às 19h, é a vez do trio elétrico invadir o palco. A Banda Xéu promete não deixar ninguém parado com o melhor do axé. Em seguida, o carnaval dá lugar ao modão sertanejo. Gleno Rossi retorna ao palco do “Salve o Som” para encerrar mais uma edição.

Contribua e salve vidas!

As contribuições podem ser feitas em dinheiro, depositadas na conta do Banco Sicoob 756/Agência 4259/Conta 3.278-6/CNPJ 03.656.493/0001-00, ou pelo PIX: (61) 99624-2621.

1 cesta = 50 reais
2 cestas = 100 reais
3 cestas = 150 reais
4 cestas = 200 reais
5 cestas = 250 reais

O Sindilegis também receberá doações na forma de equipamentos de proteção individual (EPI), como máscaras cirúrgicas PFF2 e luvas, e capotes, que podem ser entregues pessoalmente na sede do Sindicato (610 sul). Cestas básicas também serão bem-vindas.

Programação:

Dia 8 de abril (Quinta-feira):

19h – Xéu

20h30 – Gleno Rossi

Transmissões em: https://YouTube.com/SindicatoSindilegis