Após receber a documentação dos filiados, Sindicato då entrada nos processos junto às Casas

A Diretoria do Sindilegis protocolou, nesta segunda-feira (17), na CĂąmara dos Deputados e no Senado Federal, a defesa dos filiados sobre o abate-teto. Cerca de 1.400 filiados apresentaram os documentos e solicitaram o apoio do Sindicato, a fim de garantir o direito Ă  ampla defesa e ao contraditĂłrio.

Segundo o presidente do Sindilegis, Nilton PaixĂŁo, esta foi mais uma etapa vencida e o Sindicato espera garantir vitĂłria para os filiados. "Nossa equipe trabalhou diuturnamente para defender cada um dos filiados atingidos com o AcĂłrdĂŁo. Estamos preparados para ir atĂ© as Ășltimas instĂąncias para resguardar o direito de nossos filiados", afirmou o presidente.



Durante as duas Ășltimas semanas, inclusive aos sĂĄbados e domingos, empregados do Sindilegis montaram um regime de plantĂŁo para atender todos os filiados da CĂąmara dos Deputados e do Senado Federal, os quais tiveram seus rendimentos prejudicados com o acĂłrdĂŁo do TCU que determinou o corte. Muitos filiados tambĂ©m tiveram as dĂșvidas esclarecidas por e-mail ou por telefone. O nĂșmero total de atendimentos pessoais superou a marca de 1700.

A defesa contra o abate-teto foi viabilizada pela medida liminar deferida pelo Ministro do Supremo Tribunal Federal, Marco AurĂ©lio Mello, Relator do Mandado de Segurança nÂș 32.761 impetrado pelo Sindilegis.



Ver todas as notĂ­cias