DSC_0105

Congresso Nacional tem estrutura preparada para receber pessoas com deficiência

Apoiada pelo Sindilegis, o programa Visite o Congresso democratiza o acesso às Casas do Legislativo

 

Por meio do programa “Visite o Congresso”, um grupo de estudantes da escola bilíngue de Taguatinga visitou, nesta quinta-feira (06), o Congresso Nacional. Recepcionados por quatro servidores bilíngues, o grupo conheceu os principais salões do Palácio, o Museu do Senado e as obras de arte expostas nas Casas. Foi a oportunidade perfeita para que eles recebessem informações sobre a história e o papel do Legislativo Federal. A ação foi apoiada pelo Sindilegis.

O Programa Visite o Congresso possui intérpretes de Libras e material impresso em Braille, que estão disponíveis para empréstimo. Na portaria, se encontra um sistema de aro magnético (Sistema de Escuta Assistida para pessoas usuárias de aparelho auditivo), e no Salão Verde uma maquete tátil do Congresso Nacional, para visitantes com deficiência visual. Além disso, as Casas têm triciclos motorizados e cadeiras de rodas para pessoas com dificuldade de locomoção.

A assistente Social do Núcleo de Coordenação de Ações Socioambientais do Senado Federal Francis Monzo, conta que a ideia partiu do próprio núcleo, com o intuito de democratizar a visitação as Casas: “Os estudantes com deficiência auditiva precisam dessa oportunidade. Conhecer o Congresso no idioma que eles usam, a língua brasileira de sinais, é uma forma de democratização de um espaço que é de todos”.

Flávia Rodrigues, professora que leciona em libras, elogiou a acessibilidade e a disposição de mediadores que saibam a Língua Brasileira de Sinais. O vice-presidente do Sindilegis Paulo Cezar Alves concorda com Flávia, e afirma que visitas ao Congresso sempre são bem vindas. “Nós que trabalhamos aqui sabemos como é a estrutura física e visual das Casas. Abrir esse espaço de visitação é uma forma de inteirar a população sobre como o Congresso funciona por dentro”.

Para visitar

O programa de visitas ao Palácio do Congresso Nacional funciona segundas, quintas, sextas, finais de semana e feriados, com entrada gratuita, das 9h às 17h30, com saídas de grupos a cada 30 minutos, a partir do Salão Negro.

A visita institucional percorre os Plenários das duas Casas, os Salões Verde e Azul, além do Túnel do Tempo do Senado e o Salão Nobre da Câmara dos Deputados. Para grupos que necessitem de maior atenção, como os estudantes da escola bilíngue de Taguatinga, é necessário agendar previamente.

Deixe seu comentário