Destaque (1)

Livraria do Senado amplia participação digital e disponibiliza livros de graça em diversas plataformas

Parceria mais recente da livraria é com a gigante Google Play. Livros também são distribuídos na Apple Books, Kobo e Barnes & Noble

A Livraria do Senado Federal tem ampliado sua participação nas diversas plataformas digitais para o público. Desde novembro de 2020, a instituição tem disponibilizado, algumas de graça, suas publicações também no Google Play, uma das maiores distribuidoras de conteúdo na web.

Na plataforma do Google, o internauta pode acessar livros sobre legislação e também obras históricas e da literatura. A parceria foi consolidada após várias negociações, já que fazia alguns anos que a gigante da internet não abria novas contas para distribuidoras de livros no Brasil. “Para conseguirmos isso tivemos que entrar em contato com executivos da empresa para negociar e demonstrar a seriedade do nosso trabalho e consideramos isso um grande êxito”, explicou Thomas Gonçalves, chefe do Serviço de Multimídia da Coordenação de Edições Técnicas do Senado.

A Livraria também está presente em outros sites e aplicativos, como a Kobo, Barnes & Noble e Apple Books.  Apenas nesta última, em doze meses, foram mais de 26 mil downloads de livros digitais. Além do Google Play e demais plataformas de conteúdo, os livros digitais da Livraria do Senado estão disponíveis no site livraria.senado.leg.br e no Instagram em @livrariadosenado.

Entre os destaques das publicações gratuitas estão a Constituição Federal, o Regimento Interno do Senado esquematizado em quadros, uma boa fonte para quem pretende fazer o concurso para a Casa, a biografia “Memórias secretas de dona Carlota Joaquina”, com cartas da monarca compiladas por seu ex-secretário particular, o espanhol José Presas e a belíssima coletânea “Índios do Brasil”, com mais de mil fotografias realizadas pelo militar e sertanista Cândido Mariano da Silva Rondon, mais conhecido como marechal Rondon.

 

Com informações da Rádio Senado.

2