No Congresso dos servidores, devem ser propostas alterações que garantam a modernização do estatuto do Sindicato

Em Assembleia Geral Extraordinária realizada na tarde desta segunda-feira (3), os filiados ao Sindilegis aprovaram a realização da sexta edição do Conlegis (Congresso dos Servidores do Legislativo Federal e do Tribunal de Contas da União). Também ficou definido que o Congresso terá poderes para alterar o estatuto do Sindicato. O encontro reuniu cerca de 80 filiados no Plenário 5 do Anexo 2 da Câmara dos Deputados e, segundo o presidente do Sindilegis, é a concretização das propostas de campanha da atual gestão. 

“A Assembleia Geral é um encontro realmente importante para que os filiados sejam ouvidos e para que ouçam: é hora de mudança! Chegou a hora do Sindilegis se reinventar. Esse é mais um compromisso de campanha que nós estamos cumprindo”, afirmou Petrus Elesbão. 

Além disso, a Assembleia decidiu pela alteração do artigo 62, parágrafos 1, 2, 3 e 6 do estatuto do Sindilegis, que tratam: da competência do Conlegis para deliberar sobre proposições voltadas à alteração do estatuto; da convocação do Congresso em uma próxima assembleia com antecedência mínima de 60 dias da data da sua realização; da transmissão do evento em tempo real eletrônico no portal do Sindilegis; da regência por regulamento específico que será aprovado na assembleia geral em que se efetivar sua convocação; e que não será objeto de deliberação qualquer proposição que altere ou extinga o sistema de alternância no exercício da presidência do Sindilegis para a próxima eleição. 


Houve amplo debate entre os filiados e todos puderam fazer uso da palavra. A data da Assembleia que regulamentará o Congresso será divulgada em breve. Já o VI Conlegis deve ocorrer em novembro deste ano. Foram unânimes entre os servidores os elogios pela convocação da assembleia e o anúncio do próximo congresso. 

Regras 

Os filiados poderão enviar sugestões sobre o modo de realização do VI Conlegis. O procedimento para o envio será divulgado em breve. Todos os itens irão compor uma minuta, que será votada na próxima assembleia, com o fim de regulamentar o Congresso. 


Gestão 

No dia 3 de julho, a atual diretoria do Sindilegis completou 138 dias à frente da entidade. O presidente Petrus Elesbão relembrou diversas ações e conquistas nesse período: “É impossível não reconhecer que o Sindilegis tem mudado e garanto: vai mudar ainda mais, e para melhor. Por isso peço a colaboração e união, e não a divisão advinda de mesquinhez”. 

O presidente citou diversas questões que têm sido motivo de luta para o Sindicato, como as reformas da Previdência e Trabalhista, negociações coletivas, redução da jornada na Câmara e diversas ações judiciais.



Tags: assembleia, Conlegis, congresso, filiados



Ver todas as notícias