Realização do 6º Conlegis foi aprovada em assembleia nesta segunda (28); regulamento também foi debatido e autorizado

Em Assembleia Geral Extraordinária do Sindilegis, nesta segunda-feira (28), os filiados aprovaram a realização do 6º Conlegis (Congresso dos Servidores do Poder Legislativo Federal e do Tribunal de Contas da União), que será nos dias 2 e 3 de dezembro deste ano. Essa foi a primeira Assembleia Geral no TCU, o que mostra o empenho da atual Diretoria em promover a integração das três Casas e democratizar o Sindicato.

No encontro, que durou mais de 4 horas, os participantes debateram a minuta do Regulamento do 6º Conlegis, apresentada pela Diretoria do Sindilegis. Ficou decidido que serão necessários 40 apoiadores para que os filiados possam participar como delegados. Além disso, também foi definido que o Sindilegis deverá realizar Assembleias Setoriais na Câmara, no Senado e no TCU para eleger até 10 delegados por Casa. 


A maioria também decidiu que os diretores titulares do Sindilegis, os cinco coordenadores das Secretarias do TCU nos estados e até cinco representantes indicados pela maioria absoluta dos integrantes do colegiado do TCU nos estados vão participar como delegados.

Para o presidente do Sindilegis, Petrus Elesbão, o Sindicato está no caminho certo para se aproximar da base. “Queremos acabar com qualquer distância dos servidores, por isso vamos realizar assembleias com revezamento nas três Casas. O Conlegis tem uma importância significativa para o futuro do Sindicato. Por isso, quero, desde já, convidar todos os filiados a se tornarem delegados e a darem sugestões”, disse.

Confira aqui o texto aprovado em assembleia.



Tags: assembleia, Conlegis, participação, regulamento



Ver todas as notícias