Arthur Maia (PPS-BA) já agendou nova reunião com entidades para a próxima terça-feira (23)



Em reunião realizada na manhã desta quarta-feira (17), o relator da reforma da Previdência, Deputado Arthur Maia (PPS-BA), se comprometeu com os representantes do Sindilegis e mais 15 entidades de classe a estudar com mais atenção diversos pontos da reforma da Previdência, entre eles a paridade e a integralidade. O encontro foi realizado na Liderança do Governo, no Anexo II da Câmara dos Deputados.

A reunião serviu para que os dirigentes pudessem manifestar a insatisfação geral da categoria com o substitutivo e no intuito de encontrar uma solução mais justa ao texto apresentado. 

O presidente do Sindilegis, Petrus Elesbão, definiu a reunião como satisfatória, para que possam ser apresentadas emendas aglutinativas ao texto da PEC. “O fato do Governo abrir esta porta e estreitar o diálogo com as entidades é um sinal positivo. Embora nossa prioridade seja barrar a reforma, a possibilidade de aprimoramento do texto também deve ser considerada pelo Sindilegis”, apontou. 

O relator da PEC 287/16 já deixou agendada outra reunião com as entidades para apresentar seu posicionamento em relação aos pontos levantados pelo Sindilegis e os outros participantes. Nesta semana, o Deputado Maia estará reunido com sua equipe técnica para estudar os eventuais ajustes ao texto: "Vamos precisar deste tempo e voltaremos a nos encontrar para discutirmos o que é e o que não é possível alterar”.

O Sindilegis participou na figura de seu presidente, Petrus Elsebão, dos vice-presidentes Paulo Cezar Alves e Paulo Martins, e da diretora Magda Helena. Também estiveram presentes entidades de classe do Judiciário, do Executivo e do Ministério Público.


Ver todas as notícias