Em reunião, Sindilegis e entidades da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Previdência reafirmaram que a luta contra a reforma não vai parar

O Sindilegis participou, nesta terça-feira (27), de reunião com o presidente do Senado Federal, Senador Eunício Oliveira (PMDB-CE), juntamente com dirigentes de entidades que fazem parte da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Previdência, para discutir a PEC 287, que dispõe sobre a reforma da Previdência.

O encontro, convocado pelo presidente da Frente no Senado, Senador Paulo Paim (PT/RS), teve o intuito de consolidar, junto ao presidente da Casa, o fato de que a reforma não será votada até o final deste ano, mesmo após o período eleitoral.

Na ocasião, o presidente Eunício Oliveira reforçou que enquanto houver intervenção Federal na segurança pública do Rio de Janeiro, a reforma não entrará em pauta.

O Deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB/SP), presidente pela Câmara dos Deputados da Frente Mista em Defesa da Previdência, foi quem concedeu a palavra para o Sindilegis. O vice-presidente do Sindicato Paulo Cezar Alves afirmou que a decisão é um passo importante na luta pelo sepultamento da PEC 287: “Esse gesto já é uma grande vitória para o Sindilegis, para as entidades e para toda a categoria. Enquanto isso, vamos continuar trabalhando junto aos Deputados para que a reforma da Previdência seja definitivamente arquivada”.

O Senador Paulo Paim lembrou que, como ficou demonstrado na CPI da Previdência, o real problema do sistema previdenciário do País é a má gestão dos recursos. “Queremos que outros caminhos sejam tomados para que o Governo possa gerir melhor a Previdência Social. Hoje, estamos abrindo um caminho importante aqui no Senado, que é o diálogo com o presidente Eunício Oliveira, enfatizando que a Casa deve levar a sério os resultados obtidos na CPI”, afirmou.




Tags: reforma, previdência, luta, arquivamento



Ver todas as notícias