Em curso ministrado pela instrutora Vanessa Ribeiro, servidoras aprenderam técnicas de autodefesa

Uma a cada três mulheres sofreu algum tipo de violência no último ano. Isso é o que revela pesquisa realizada pelo Datafolha e encomendada pelo Fórum Brasileiro de Segurança. Preocupada com o bem-estar e a segurança das mulheres, a Procuradoria da Mulher do Senado Federal, em parceira com o Sindilegis, realizou, nesta segunda-feira (12), workshop de defesa pessoal, com a instrutora-chefe do krav maga no Distrito Federal Vanessa Ribeiro.




O curso reuniu técnicas de autodefesa para as servidoras do Senado e garantiu exemplos práticos de como agir em situações de risco. De acordo com a servidora do Senado Isis Siqueira Matos, da Procuradoria da Mulher da Casa, as técnicas auxiliaram no encorajamento e na atenção: “O curso ajudou muito na questão de postura de atenção, na forma como você anda na rua. Faz-nos evitar atitudes de distração, como celular e fone de ouvido. Também nos faz ter uma postura física menos vulnerável”.

De acordo com Vanessa Ribeiro, as aulas simulam situações reais, para facilitar o aprendizado gradual. “No Mês da Mulher, estamos trazendo ações preventivas para auxiliar as mulheres a terem atitudes de encorajamento diante de ameaça”, declarou.

O curso de defesa pessoal foi ministrado, ao todo, para duas turmas de servidoras.


Ver todas as notícias