A especialização em Tecnologia da Informação é direcionada principalmente a servidores do Prodasen

Foi lançado, nesta sexta-feira (6), o curso de pós-graduação oferecido pelo Instituto Legislativo Brasileiro (ILB) e apoiado pelo Sindilegis. Voltado para Tecnologia da Informação (TI) aplicada ao Poder Legislativo, a especialização se destina especialmente aos servidores da Secretaria de Tecnologia da Informação (Prodasen) do Senado Federal.

Foram abertas, ao todo, 30 vagas, que visam a capacitar servidores para melhor atender o Poder Legislativo, por meio do uso da tecnologia. De acordo com o coordenador da pós-graduação, Yuri Moraes, o curso é importante para fortalecer as atribuições dos servidores que atuam nessa área. "No curso aprendemos como ferramentas técnicas e gerenciais de TI podem aprimorar o processo legislativo e o de fiscalização", assegurou.

De acordo com Valéria Ribeiro, coordenadora de Educação Superior do ILB, o curso é uma grande conquista, pois vem para atender uma solicitação antiga dos servidores do Prodasen. A coordenadora também elogiou a atuação do Sindilegis por apoiar esse tipo de iniciativa. “São nessas ações que o Sindilegis mostra que está atento a todas as vertentes do servidor, não apenas questões salariais, mas naquilo que acena para o futuro da atuação profissional”.

Saiba mais sobre o curso

A pós-graduação terá 376 horas-aula e será ministrada semanalmente, as segundas e sextas-feiras, das 8h às 12h. Além dos servidores do Prodasen, também participam da especialização órgãos conveniados, como Câmara dos Deputados e o Tribunal de Contas da União.   


Lançamento do curso de pós-graduação em Tecnologia da Informação, no ILB



Tags: ILB, pós-graduação, apoio, Sindilegis, tecnologia da informação, prodasen



Ver todas as notícias