Evento, que ocorreu no plenário do Senado, abriu espaço para que parlamentares e dirigentes pudessem enaltecer a atuação da entidade ao longo dos anos


O Sindilegis participou da homenagem ao quinquenário da Assefe, na manhã desta segunda-feira (4). A celebração ao jubileu de ouro ocorreu em sessão solene no Plenário do Senado Federal e foi acompanhada por dirigentes de diversas entidades parceiras, incluindo a diretoria do Sindicato em peso. A banda da Base Aérea de Brasília executou o Hino Nacional.

O aniversário de 50 anos da Assefe coincide com os 195 anos de Independência do Brasil, no dia 7 de Setembro. O presidente do Sindilegis e da Assefe, Petrus Elesbão, destacou os bons frutos gerados da parceria entre as entidades ao longo dos anos: “O Sindilegis e a Assefe são pioneiras na representatividade do servidor público. Graças à forte atuação, por vezes em colaboração entre as duas instituições, os servidores foram capazes de usufruir de melhor qualidade de vida para desempenhar bem o seu trabalho”.


Elogios à creche

Parlamentares também prestigiaram a solenidade, entre eles, o Presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB/CE), que abriu a sessão elogiando o trabalho desempenhado pela Associação, principalmente com relação às crianças. Além disso, o Presidente afirmou que ainda bastante jovem frequentava o clube da Assefe e que este se tornou uma referência de compromisso com o bem-estar de seus associados.

“Além do caráter sociorecreativo, a Assefe também investe e se preocupa muito com a educação. Fundada em 1984, a creche da Associação, que cuida de mais de 200 crianças, é reconhecida como uma das melhores de Brasília, dando todo apoio à primeira e mais crítica fase do crescimento do ser humano”, observou Eunício.

Reconhecimento 

O Senador Hélio José (PMDB/DF), autor do requerimento da homenagem, e o Senador Waldemir Moka (PMDB/MT) também prestigiaram a sessão e enalteceram o trabalho desempenhado ao longo dos últimos 50 anos pela Assefe. “Temos um dos quadros de servidores mais competentes do País. O serviço prestado aqui no Senado é de excelência. E parte desta qualidade de trabalho corresponde aos esforços da Associação”, discursou Moka.

O Senador Hélio José reconheceu a importância da entidade e de sua longa contribuição para a vida dos brasilienses: “Em um contexto em que ainda quase não havia lazer na cidade, a Assefe surgiu com seu clube. A Associação estimulou o congraçamento entre os servidores”.

Luciene de Carvalho, diretora da creche da Assefe, foi citada nominalmente pelo Senador em reconhecimento ao seu trabalho à frente da instituição, que funciona há mais de 30 anos na cidade.

Em seu discurso na tribuna, o presidente Petrus Elesbão, enalteceu a luta da Associação: “É gratificante saber que o esforço inicial dos cem fundadores da Assefe, em 1967, liderados por Orlando Oliveira, resultou no que vemos hoje. Após 50 anos, a Associação contabiliza importantes serviços aos associados e a toda comunidade de Brasília. E não pretende parar por aí”, refletiu Elesbão.


Ver todas as notícias