E3D15DE7-FB57-413C-A2CF-1615BC052F7D

Novo golpe na praça usa vacina contra a Covid-19 para roubo de informações

Criminosos utilizam falso cadastro para vacinação com o objetivo de hackear celulares e roubar dados privados

Atenção: o Sindilegis alerta seus filiados para um novo golpe envolvendo a vacina contra a Covid-19. A Secretaria de Saúde do Distrito Federal informou que criminosos oferecem um falso agendamento de imunização para ter acesso a dados de celulares de vítimas.

Na prática, o golpe funciona da seguinte forma: os suspeitos se passam por servidores de saúde e ligam para vítimas oferecendo um falso agendamento de vacinação contra a Covid-19. Em seguida, mandam um código para o celular da pessoa e pedem que ela informe os números enviados, ou clique em algum link para confirmar.

Os golpistas utilizam as informações privadas para clonar aplicativos de mensagem e conseguir acesso ao smartphone. Em uma postagem nas redes sociais, a Secretaria ressaltou que não telefona para agendar a vacinação, nem pede confirmação por mensagem. O Ministério da Saúde também alertou para crimes virtuais envolvendo a vacinação.

Dicas para aumentar sua segurança no celular

– Não faça download de softwares e aplicativos de origem desconhecida;

– Não abra links desconhecidos enviados por e-mail ou aplicativos;

– Habilite a verificação em duas etapas nos aplicativos e e-mails;

– Desconfie sempre e cheque a fonte;

– Não clique em links contidos em SMS, mensagens instantâneas ou em postagens em mídias sociais de pessoas ou organizações desconhecidas, que possuem endereços suspeitos ou estranhos.

Outra medida importante para não cair em golpes é não enviar dinheiro ou valores solicitados por mensagem ou ligação. Certifique-se de quem se trata a pessoa com quem você está em contato para não cair em um golpe.

 

Com informações da Agência Brasília.

0