Plenário do Senado

Projeto Jovem Senador empossa 27 novos estudantes como parlamentares  

Os participantes ficarão em Brasília durante uma semana para entender o processo de discussão e elaboração das leis do país e a rotina dos senadores da República

Muito jovens brasileiros nutrem o desejo de conhecer o dia a dia de um parlamentar e o funcionamento de uma Casa Legislativa. O Programa Jovem Senador dá a esses meninos e meninas, estudantes de escolas públicas de todo o país, essa oportunidade. Na manhã do dia 26 de novembro, 27 estudantes que representam cada unidade da Federação brasileira estiveram no plenário para a cerimônia de posse e eleição da mesa jovem.

Enquanto tomavam o púlpito para breves discursos, eles eram observados pelos olhares orgulhosos de professores e coordenadores. Esses estudantes são os vencedores do 12° concurso de redação do Senado Federal e terão, ao longo desta semana, a oportunidade de acompanhar de perto o trabalho de Senadores no Congresso Nacional, em Brasília.

“O jovem senador traz um impacto positivo na visão que o jovem tem do exercício da cidadania e da democracia. Eles veem como funciona o processo Legislativo e a vida de um parlamentar. Assim você consegue formar jovens mais conscientes e que serão multiplicadores desses conhecimentos em suas comunidades, exercendo uma liderança e pregando a importância da comunidade participar do dia a dia da vida pública”, disse o coordenador de Gestão de Eventos do Senado Federal e um dos responsáveis pelo projeto, Herivelto Ferreira.

Consciente da importância dos jovens para a construção de um país mais democrático e justo, o Sindilegis apoia a iniciativa do Senado Federal, ajudando no fortalecimento do programa ao longo dos anos. O presidente, Petrus Elesbão, acompanhou a cerimônia de posse dos jovens senadores e destacou o papel do programa enquanto multiplicador de informações para os jovens.

Para ele, “colaborar na formação política de jovens cada vez mais atualizados e capazes é garantir a construção de um país melhor. Por isso, alegro-me, na condição de presidente do Sindilegis, em contribuir para que iniciativas tão bem sucedidas sempre aconteçam e se fortaleçam”, finalizou.

No dia do Servidor Público, 28 de outubro, o Sindilegis realizou o evento “Gente que Inspira”. Na ocasião,  como forma de valorizar e enaltecer inúmeros trabalhos inspiradores e relevantes desenvolvidos pelos servidores das três Casas (Câmara, Senado e TCU) e com retorno positivo para a sociedade, o Sindicato homenageou 9 servidores. Entre eles, Cláudia Lyra e Lucyana Moraes, idealizadoras do programa Jovem Senador

Oportunidade

Este ano, 21 mil escolas públicas de ensino médio participaram do concurso e mais de 120 mil redações foram enviadas. Com o tema “Cidadão que acompanha o orçamento dá valor ao Brasil”, os escritores das 27 melhores redações foram selecionados para participar do programa e passar uma semana na capital do país, descobrindo as mazelas do Congresso Nacional.

Com o orgulho estampado em um largo sorriso, a professora do aluno Pedro Henrique, 1° colocado no concurso de redação, chegou ao programa Jovem Senador com um estudante da pequena cidade de Capela, em Alagoas. “É uma honra muito grande representar Alagoas. Esse projeto desperta nesses jovens a vontade de participar mais ativamente da vida política do nosso país e o que há de mais importante e bonito no projeto é que [ele] atinge os alunos de classes sociais mais baixas, semeando esperança na vida desses meninos e meninas e fazendo com que eles vejam que podem transformar a vida deles e da comunidade por meio da consciência política”, disse a professora Cremilda Melo.

A participação jovem na democracia é fundamental e pode mudar o futuro do Brasil”. Com apenas 17 anos, Maria Adellaide Maciel mostra uma maturidade que impressiona. Da pequena cidade de Taperoá (PB), ela garante que será uma fomentadora do projeto em sua escola: “O conhecimento é o que me move. Estar no programa é um grande aprendizado. Serei uma mobilizadora desse projeto na minha escola, pois quero que os meus colegas também tenham a oportunidade de viver o que estou vivendo hoje”.

Adquirir conhecimento sobre as atividades legislativas e vivenciar o dia a dia do Senado Federal é o que move os jovens estudantes. Voltar para casa levando novas histórias os enche de alegria. Mas alguns, ao vivenciarem uma semana intensa de atividades dentro do Senado, veem despertar o desejo de participar da vida pública, tendo um colega como espelho.

José Patrocínio Neto participou do Programa Jovem Senador em 2014 e, dois anos depois, em 2016, aos 19 anos, tornou-se vereador da cidade de Parelhas (RN). “Participei do projeto e me encantei. Com a experiência que adquiri, voltei decidido a me tornar politico. Hoje tenho algumas leis aprovadas e institui no meu município o Programa “Câmara Jovem”, com inspiração no Jovem Senador. Quero que esse projeto mude as vida dos jovens, como mudou a minha”.

Deixe seu comentário