Sindilegis celebra 46 anos do Prodasen

Secretaria de Tecnologia da Informação do Senado reuniu os servidores em confraternização informal realizada com apoio do Sindicato

Música, comida, poesia e muita descontração. Foi em uma cerimônia informal, realizada na última sexta-feira (26), que a Secretaria de Tecnologia da Informação do Senado Federal (Prodasen) celebrou o seu aniversário de 46 anos.

A confraternização anual, apoiada pelo Sindilegis, ocupou o pátio central da Secretaria e reuniu os servidores para um coffee break que fugiu aos protocolos e pompas comuns às solenidades realizadas no órgão legislativo. O diretor do Prodasen, Alessandro Pereira de Albuquerque, ressaltou que o clima descontraído do evento era o objetivo da organização. “Fizemos essa reunião para nós mesmos. Sem formalidades e cerimonial, apenas para celebrar”, explicou.

O presidente do Sindilegis, Petrus Elesbão, parabenizou o Prodasen pelo serviço prestado ao longo dos últimos 46 anos e destacou que o Sindilegis defende maior investimentos em tecnologia por sua natureza estratégica. “A tecnologia, quando colocada a serviço da otimização da força de trabalho do servidor, é revolucionária. Precisamos investir nas mentes que desenvolvem e atuam nessas áreas. Só assim poderemos extrair o máximo de sua capacidade de melhora de produtividade”, concluiu.

A servidora e filiada ao Sindilegis, Patrícia Araújo da Cunha, conta que a informalidade do evento se justifica pelo atual momento vivido dentro do Prodasen. “Estamos em um momento de olhar mais pra dentro, revendo nossas visão e missão, então quisemos fazer uma confraternização mais descontraída”, esclareceu.

Durante o seu discurso, Alessandro assumiu, em nome da Secretaria, a nova missão do Prodasen que é “ser o agente de transformação do exercício da cidadania, por meio de tecnologia aplicada ao Legislativo, com uma equipe capaz de conciliar sua realização profissional com a missão institucional”.

Para o diretor, o maior objetivo do Prodasen é orquestrar soluções viáveis para problemas encontrados diariamente pelos servidores no desempenho de suas funções. “Tecnologia da informação tem a capacidade de agilizar processos manuais, prevenir perdas e dar conhecimento de maneira mais ágil. Essa capacidade de processamento unida a outros fatores é capaz de transformar qualquer cenário”, pontuou.

Além de buffet com bebidas e comidas patrocinadas pelo Sindicato, a cerimônia contou com música apresentada por servidores da área de infraestrutura. Uma banda, chamada The Doockers – em referência à palavra “docker”, que é uma plataforma aberta para desenvolvedores e administradores de sistema – tocou um repertório que contou com “Asa Branca”, do Gonzaguinha e “Oração” da Banda Mais Bonita da Cidade.

 

Tags: No tags

Deixe seu comentário