D---CAFÉ-COM-POLÍTICA---SISTEMA-NACIONAL-DE-INFORMAÇÕES-OFICIAIS_twitter

Sistema Nacional de Informações Oficiais: desafios da Estatística e da Geoinformação é tema do próximo Café com Política

Time de especialistas vai abordar dificuldades e soluções na integração dos dados estatísticos oficiais

As informações estatísticas e geocientíficas são fontes fundamentais para o conhecimento da realidade de um país. No Brasil, esses dados oficiais estão organizados no Sistema Nacional de Informações Oficiais (SNIO), coordenado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A partir das pesquisas do IBGE é possível obter informações sobre a população brasileira, a economia, as condições de vida, o mercado de trabalho, o meio ambiente, entre outros aspectos. Esses dados são essenciais para a atuação do Estado e a formulação de políticas públicas. Quais são os desafios da Estatística e da Geoinformação? Esse será o mote da próxima edição do Café com Política, dia 21 de setembro. O fórum será transmitido ao vivo pelo canal do Sindilegis no YouTube, às 18h.

O palestrante convidado é o Dr. Roberto Olinto, pesquisador associado do IBRE/FGV e ex-presidente e diretor de Pesquisas do IBGE. Segundo ele, há a necessidade de modernização no sistema nacional de estatísticas pois a legislação que trata dos serviços oficiais é do século passado. “No século XXI aumentou a demanda por dados estatísticos oficiais. Presenciamos uma rápida evolução das geotecnologias, como sensoriamento remoto, imagens de satélite e georreferenciamento, e das tecnologias de informação e comunicação”, afirmou. “Temos que modernizar nossa legislação, avançar no uso de registros administrativos e nas fontes alternativas de dados, reduzir a carga dos informantes e atualizar o processo de produção de estatísticas e geoinformação”, completou.

Conforme destacou, entre os desafios está a integração dos diversos sistemas de informação, registros e cadastros oficiais, a fim de poupar recursos públicos na coleta de dados estatísticos e geográficos, no tratamento, armazenamento e compartilhamento dos dados, e facilitar o acesso pela sociedade.

Os debatedores são Marcus Peixoto, consultor legislativo do Senado e Presidente da Alesfe; Luiz Ugeda, advogado, geógrafo, e presidente da Comissão de Geodireito da OAB-SP; e Renata Passos, auditora do TCU e mestra em Gestão do Conhecimento e da Tecnologia da Informação. O fórum será conduzido por Fabiana de Menezes Soares, professora da Faculdade de Direito da UFMG e coordenadora do Observatório para a Qualidade da Lei.

O evento é organizado pelo Sindilegis em parceria com a Associação dos Consultores e Advogados do Senado Federal (Alesfe), o Observatório para a Qualidade da Lei, da Faculdade de Direito da UFMG, e a Comissão de GeoDireito da OAB/SP. “As informações oficiais produzidas pelo IBGE oferecem subsídios para que possamos conhecer em maiores detalhes as características do País, dos estados ou municípios. Os dados são utilizados pelo setor público, pelo setor privado, pela sociedade civil, pela comunidade científica, pelos estudantes e por qualquer cidadão. Portanto, esse é um assunto de extrema relevância e não poderia ficar de fora da série de debates promovida pelo Café com Política”, destacou o presidente do Sindicato, Petrus Elesbão.

 

Serviço
Café com Política
Tema: Sistema Nacional de Informações Oficiais: desafios da Estatística e da Geoinformação
Data: 21/09/2020
Horário: 18h
Onde assistir: Canal do Sindilegis no YouTube

 

Deixe seu comentário