Café-com-politica-Internacional-banner-site

Autor norte-americano do best-seller “The Economists’ hour” é convidado especial do Café com Política

Em seu recente livro, o jornalista do conselho editorial do ‘New York Times’ Binyamin Appelbaum narra a experiência econômica neoliberal na última metade do século e conclui que a livre concorrência sem regulação do Estado aumenta a desigualdade

A canção “Outros românticos” de Caetano Veloso, de 1989, nunca esteve tão atual: “As mil teorias da economia, recitadas na televisão, tais irredutíveis ateus, simularam uma religião…”. O debate sobre as ideologias econômicas neoliberais e conservadoras tem sido acalorado nos últimos anos, principalmente em tempos de pandemia. Se de um lado, o mundo da livre concorrência liderado por poucos economistas sem regulação do Estado enriquece e sobe rumo ao topo, por outro, os pobres ficam cada vez mais abaixo da pirâmide.

E é para aprofundar a discussão sobre a ascensão dos economistas na formulação de políticas públicas e o aumento da desigualdade que o Sindilegis convidou o renomado escritor de negócios e economia do conselho editorial do jornal “The New York Times”, autor do livro “The Economists’ Hour: False Prophets, Free Markets and the Fracture of Society” (A hora dos Economistas: falsos profetas, livres mercados e a fratura da sociedade), para a edição especial do Café com Política, que ocorrerá segunda-feira (19/10), às 18 horas, no canal do Sindicato no Youtube.

Durante a transmissão, haverá tradução simultânea da língua estrangeira para tornar a abordagem acessível aos internautas brasileiros.

Appelbaum foi correspondente do jornal Times em Washington, de 2010 a 2019, cobrindo o Federal Reserve e outros aspectos da política econômica após a crise mundial de 2008. Foi finalista do prêmio Pulitzer na categoria “Serviço Público”.

O Sindilegis também convidou para ser o debatedor Thomas Traumann, autor do livro “O Pior Emprego do Mundo”, que conta a trajetória de ex-ministros da Fazenda no Brasil e as crises econômicas. Atualmente é colunista do site Poder360, foi diretor das empresas de comunicação corporativa Llorente&Cuenca e FSB, porta-voz e ministro de Comunicação Social e pesquisador de políticas públicas da Fundação Getulio Vargas (FGV-Dapp). Já passou pelas redações da Folha de S. Paulo, Veja e Época.

A mediadora da discussão será a jornalista e diretora de Comunicação Social do Senado Federal, Érica Ceolin. O vice-presidente do Sindilegis e servidor do Tribunal de Contas da União, Alison Souza, também participará do debate.

Serviço

Café com Política Internacional

Tema: A hora dos economistas: falsos profetas, livres mercados e a fratura da sociedade

Data: 19/10

Horário: 18h

Onde: Canal do Sindilegis no YouTube

0