Entidades darão subsídios a atletas para ampliar delegação de Brasília na Olimpíada dos Tribunais de Contas

img-01-08-2017-5980957128741
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

A Olimpíada dos Tribunais de Contas já é uma tradição entre as Cortes de Contas. A edição deste ano, programada para ocorrer entre 28 de outubro e 2 de novembro de 2017 em Brasília, contará com 22 modalidades esportivas. Estão sendo esperados mais de 1 mil atletas de todo o Brasil. A Comissão Organizadora é composta por Simone Barbosa, Alison de Souza e Dario Corsatto, que atuarão como integrantes do Tribunal de Contas da União, e não como diretores de entidades, já que o evento não é oficialmente organizado pelas entidades representativas em que atuam.

As regras do evento são tradicionalmente mantidas de um evento para o outro e ajustes são estabelecidos em reunião prévia com representantes de todos os Estados que ocorre nos meses anteriores. Para este evento, ficou estabelecido, pela primeira vez, que os atletas que não forem utilizar os serviços de hotelaria, como é o caso de Brasília, teriam 50% de desconto nas inscrições. Esse benefício teve o objetivo de baratear os custos para os participantes domiciliados na Capital, e foi adotado de forma inédita.

Com o objetivo de ampliar a delegação do TCU, que foi campeã da Olímpiada dos Tribunais de Contas do Mercosul ocorrida em Foz do Iguaçu (PR) no ano passado, as entidades decidiram subsidiar a participação dos atletas da Sede, em atendimento a uma demanda de diversos colegas que consideraram elevado o valor da inscrição para quem reside em Brasília.

Nesse sentido, os diretores do Sindilegis no TCU e da Auditar se reuniram e aprovaram um subsídio de R$ 250 por atleta residente em Brasília, bastando que haja filiação a uma dessas entidades. Lembrando que todos os atletas irão usufruir de toda a infraestrutura do evento, como alimentação, festas de confraternização, locomoção interclubes etc., pois o objetivo é que haja o congraçamento entre os participantes, e não apenas participações pontuais e isoladas.

Para tanto, os associados deverão efetuar normalmente a inscrição no endereço eletrônico das Olimpíadas (www.otc2017.com.br) e encaminhar e-mail para [email protected] com o comprovante da sua inscrição (a Auditar vai centralizar as inscrições, apenas para efeito prático, mas os reembolsos serão executados por cada entidade, separadamente). O reembolso será feito em até 30 (trinta) dias apís o evento. A iniciativa é limitada a 120 associados (80 pelo Sindilegis e 40 pela Auditar), de modo que, ultrapassado esse limite, poderá haver seletivas para usufruto do benefício. O benefício alcança também quem já se inscreveu.

Nos príximos dias, as entidades irão protocolar pedido de dispensa de ponto para os dias 30 e 31 de outubro, datas em que, simultaneamente, ocorrerá Congresso Técnico com a participação da Fenastc e de diversas outras entidades ligadas ao controle.

Shopping Basket