daniela gqi

Conheça a história da servidora que é inspiração na Diretoria de Pagamentos do TCU

Conheça um pouco da história da servidora homenageada no Gente que inspira

Quando assumiu a Diretoria de Pagamentos do Tribunal de Contas da União em fevereiro de 2018, a servidora Daniela Moraes enxergou possibilidades onde muitos veriam apenas obstáculos. Quem conhece seu trabalho dentro da instituição, atesta: “Nesses mais de dois anos, ela nunca errou uma folha de pagamento sequer”.

Formada em Matemática pela Universidade de Brasília e em Informática pela Universidade Católica da cidade, Daniela utilizou toda a sua familiaridade com números para cumprir sua missão institucional e foi além: deixou um legado de inspiração que se reflete no reconhecimento e na admiração de sua equipe e dos demais colegas da Corte de contas.

Atualmente, ela é a responsável pela folha de pagamento de quase 5.500 pessoas. “Administramos os proventos de todos os servidores ativos, aposentados, ministros, estagiários e pensionistas”, explicou. Essa, com certeza, seria uma tarefa hercúlea não fosse o constante investimento interno da instituição: “Quando entrei no Dipag em 2009, nosso sistema era de 1998, ainda desenvolvido em Delphi. Por isso, muitos benefícios tinham que ser feitos manualmente. Lembro que usávamos muitas planilhas e que a folha começava a ser impressa na noite anterior. Hoje em dia, esse processo leva entre 5 a 10 minutos”.

Brasiliense de família goiana, oriunda de Jataí, no interior do estado, Daniela Moraes se orgulha do trabalho realizado por sua equipe, que atualmente conta com outros 11 servidores. “Como a gente atua na área administrativa, acredito que nosso papel é fundamental para que o Tribunal de Contas cumpra todos os critérios exigidos pela Lei da Transparência”, avaliou.

Nesses 11 anos em que compõe o corpo técnico do Tribunal, Daniela destacou dois momentos em que percebeu o impacto do TCU na vida da população: a consolidação do e-Social, em 2014, e a participação da Corte nos processos que viabilizaram o acesso ao auxílio emergencial pago pelo governo federal durante a crise causada pela pandemia do novo coronavírus em 2020. “É muito importante garantir os direitos a quem se apresenta”, pontuou a servidora.

Mulher, profissional, esposa e mãe. Daniela Moraes desperta admiração nos colegas e também no seu esposo, Daniel Gallo e nos seus três filhos. Para ela, o segredo de todo o reconhecimento é a dedicação. “Além do grande esforço por parte da instituição em motivar os seus colaboradores, pessoalmente eu acredito na missão no TCU. Gosto do trabalho que exerço e acredito que para encontrar satisfação profissional, é preciso acreditar no trabalho que você desempenha”, concluiu.

 

3