patricia site ok certo

Patrícia Seixas inspira pelo trabalho social. “Ajudar o próximo é um dever”, afirma

Conheça mais sobre uma das homenageadas do Gente que Inspira edição 2020

“Amar o próximo como a ti mesmo”. Não é preciso ser cristão para entender que olhar o outro com empatia e solidariedade é um preceito básico para a construção de um mundo mais justo e igualitário. É firmada neste mandamento que a servidora Patrícia Seixas conduz a sua vida e se dedica a realizar ações dentro do grupo de voluntariado do Senado Federal “Liga do Bem”, que ajuda milhares de pessoas em situação de vulnerabilidade. A dedicação com que realiza o trabalho em prol do próximo a faz ser reconhecida e homenageada como “Gente que Inspira”.

“Estou no Senado há 15 anos, cinco deles dedicado ao grupo ‘Liga do Bem’. Receber essa homenagem é gratificante e me emociona, pois são muitos anos de trabalho árduo para fazer com que todos vivam com mais dignidade. Não adianta olhar só para nós, é preciso olhar ao nosso redor e fazer com que a vida de todos seja melhor”, disse Patrícia.

Servidora comissionada do Senado Federal há quase 15 anos, Patrícia viu na criação da “Liga do Bem” uma oportunidade de ajudar o próximo e uma maneira de tornar o Senado um ambiente mais humano, distante das discussões legislativas alvoroçadas e dos passos apressados, e mais próximo de um sorriso agradecido.

A “Liga do Bem”, grupo de voluntariado do Senado Federal, ligado à Diretoria-Geral da Casa, tem hoje, sob a batuta incessante de Patrícia, mais de 200 voluntários que se empenham na realização das ações sociais e empregam esforço para o crescimento desta corrente do bem. Desde a sua criação, em 2015, a Liga realiza, de maneira habitual, campanhas com o intuito de ajudar e proteger os que mais necessitam de amparo. Com um sorriso no rosto, Patrícia conta com entusiasmo as histórias que vivenciou e o impacto do trabalho realizado na vida de tantas pessoas.

“Ao longo desses anos, a Liga já conseguiu ajudar mulheres, idosos, crianças, pessoas com doenças graves, diversas instituições carentes. Temos ações em todas as épocas do ano: Natal, Páscoa, Outubro Rosa, doação de alimentos, agasalhos. Não paramos. É um trabalho que nos exauri fisicamente, mas nos traz leveza a alma”. Ela ainda conta orgulhosa sobre uma das principais ações do grupo, que já aqueceu a casa de muitas famílias ao redor do DF. “Fazemos um trabalho que já está bastante conhecido na cidade. Recolhemos caixas de leite e usamos para revestir casas de madeira, muitas vezes com frestas que permitem a entrada do frio e da chuva. É mais uma forma de amparar os mais necessitados”.

Não é difícil encontrar nos corredores do Senado ou na caixa de e-mail institucional avisos para a próxima ação e sobre a necessidade de doação. O engajamento dos servidores e colaboradores da Casa impulsiona e encoraja a equipe a seguir adiante. E é justamente a atuação desta equipe que faz Patrícia embargar a voz e se emocionar. “Eu me sinto lisonjeada em receber este prêmio no “Gente que Inspira”, mas são os meus colegas que me inspiram pela doação a este trabalho. O prêmio é de todos nós, porque ninguém faz nada sozinho. Eu sou somente a pessoa mais animada”, diz trocando as lágrimas pelo sorriso.

O trabalho social realizado levou Patrícia a subir no palco do “Gente que Inspira” para receber a merecida homenagem. Mas mesmo antes de sentir essa emoção, ela já era capaz de descrever o sentimento que pulsaria em seu peito: “Só posso ter gratidão”.

2