WhatsApp Image 2022-05-12 at 19.33.23

Pré-candidatos à Presidência da República vão ao Pensar Brasil e falam à sociedade brasileira

O primeiro dia de Pensar Brasil foi um sucesso. Nesta quinta-feira, 12 de maio, o Museu do Amanhã foi palco do Congresso que recebeu grandes nomes da política, do empreendedorismo, comércio, do sindicalismo e de diversos outros segmentos da sociedade. Três candidatos à Presidência da República marcaram presença e falaram à sociedade brasileira, dando ideia sobre os temas que irão nortear os debates eleitorais.

O primeiro a participar foi o pré-candidato do PDT, Ciro Gomes. Ele participou por videoconferência, em razão de ter testado positivo para COVID-19. Em sua fala abordou temas como reforma trabalhista, inflação, desemprego, atuação do governo atual e campanha presidencial.

Além disso, deixou um recado aos brasileiros. “A renitência da crise brasileira no tempo implora que a sociedade brasileira não desperdice esse momento que a democracia nos oferece, que é o debate eleitoral, para que a gente o use para o aprofundamento do diagnóstico dos problemas. Daí sairão as energias organizadas e conscientes que nós precisamos para vencer o inimigo que está encastelado no sistema brasileiro.” E ainda completou: “esquerda é ir em socorro do povo brasileiro, que está desesperado e passando fome. E é aqui que eu estou. Junto com povo brasileiro.

No início da tarde, foi a vez do pré-candidato a Presidência da República pelo PROS, Pablo Marçal, subir no palco do Pensar Brasil. Apesar da falta de experiência em cargos eletivos, o empresário disse estar pronto para o desafio. Em sua fala, produtividade foi palavra chave. “Precisamos despertar pessoas neste país para criarem, desenvolverem tecnologia, e que sejam capazes de aumentar a produtividade”. E completou dizendo em qual rota pretende colocar o Brasil. “Dez milhões de novas empresas nos próximos anos e até 2032 colocar o Brasil como a nação mais próspera da terra”.

Em seguida, André Janones, deputado federal e pré-candidato à Presidência da República pelo Avante, falou ao público presente no Museu do Amanhã e aos espectadores que acompanhavam a transmissão online. Durante sua apresentação, ele criticou aqueles que colocam em determinadas categorias a culpa pelas mazelas do Estado e defendeu que os servidores públicos. “Eu não sei quem são os grandes culpados pelo nosso país estar na situação em que estamos. Mas eu sei quem não são os culpados: não são os pobres, nãos são os aposentados, e não são os servidores públicos. Os servidores públicos não são os vilões, eles são parte da solução dos problemas do nosso país”, garantiu. E encerrou sua fala dizendo que acredita na busca das soluções reais para os problemas e que é mais fácil buscar os extremos do que o equilíbrio. “Se estar em cima do muro é ter equilíbrio e buscar as soluções para os problemas olhando todos os lados, eu estou, sim, em cima do muro. Para mim, isso é fazer política da melhor maneira”.

O Pensar Brasil acontece no Museu do Amanhã, na cidade do Rio de Janeiro, nesta quinta e sexta-feira, dias 12 e 13 de maio. É possível acompanhar a transmissão on-line pelo link https://bit.ly/3NexuXz. Para garantir o seu certificado do evento acesse pensarbrasil.com.br.