Quarteto de Brasília emociona servidores no Quintas Musicais

DSC_0010
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Na última quinta-feira, 19, o público se emocionou ao som do Quarteto de Brasília, em uma apresentação marcada por momentos de muita descontração, leveza e alegria. A iniciativa integra o “Quintas Musicais”, projeto instituído pela ASTCU, com apoio do Sindilegis e da Auditar, que tem como objetivo impulsionar a interação, o bem-estar e a produção cultural de qualidade no ambiente de trabalho. O concerto aconteceu no auditório do Anexo III.

Indo do Nordeste à Zona Sul do Rio de Janeiro, o Quarteto – composto por Cláudio Cohen e Ludmila Vinecka no violino, Glêsse Collet na viola e Antonio Guerra Vicente no violoncelo – deu um show de música com Feira de Mangaio, de Sivuca, Garota de Ipanema, de Tom Jobim, entre outros diversos clássicos. O concerto se encerrou com o Finale do Quarteto Americano Op. 96, Antonin Dvoràk, principal compositor tcheco do período romântico. Houve ainda uma homenagem ao pai de Antonio, José Guerra Vicente, com a Valsa Seresteira.

O Quarteto incluiu arranjos especiais nas músicas que reproduziu, como o Trenzinho do Caipira, de Villa-Lobos e A Banda, de Chico Buarque. A plateia pode sentir a sensação de movimento que essas músicas proporcionam. Os renomados músicos demonstraram um entrosamento ímpar, além de um inquestionável talento musical. Com esses ingredientes, conquistaram e arrancaram aplausos de pé dos ouvintes. Era visível a satisfação estampada no rosto dos presentes, que deixaram o auditório pedindo bis e na expectativa para a próxima edição do “Quintas Musicais”.

Para Yvone Almeida, presidente do Comitê Nacional do Cerimonial Público e do Colégio Brasileiro de Cerimonial, o evento representa a importância que precisamos dar à música no Brasil. “Nós temos que valorizar a arte musical no nosso País e levar, cada vez mais, música da melhor qualidade para o brasileiro e para o funcionário público, tão carente de coisas boas e bonitas”, afirmou.

Yvone acredita que o mundo fica muito melhor com a música, mesma opinião de Cláudio Cohen, também segundo o maestro e regente titular da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Cláudio Santoro. “A música promove bem-estar e todo mundo gosta quando são bem executadas e de qualidade. Eu entendo que a música seja um elemento de salvação, pros momentos que nós precisamos e em diversos projetos sociais”, comentou.

Para o presidente da ASTCU e Diretor Social e Esportivo do Sindilegis, Alison de Souza, existe uma palavra que descreve a apresentação: magnífica. “Pela qualidade dos músicos, da execução e do repertório, foi espetacular”, enfatizou. Além disso, ele acredita que a iniciativa traz boas energias para o Tribunal e para os servidores.

*Com informações da ASTCU

Veja abaixo a galeria de fotos:

Shopping Basket