????????????????????????????????????

Último dia! Recadastramento no Sindilegis e na ASA-CD reúne praticidade e segurança em um só lugar

Iniciativa possibilita filiados a comprovarem a prova de vida seguindo todas as medidas de segurança de forma rápida e eficaz

Até o dia 24 de setembro aposentados e pensionistas da Câmara dos Deputados poderão se dirigir ao Sindilegis para realizar o recadastramento obrigatório com praticidade e agilidade. Seguindo todos os protocolos de biossegurança para evitar a transmissão da Covid-19, os funcionários do Cartório JK estão atendendo os servidores residentes em Brasília – filiados e não filiados – desde o dia 8 deste mês, no horário das 9h às 12h. Não é necessário que o servidor vá até os Correios, pois o Sindilegis cuidará do envio das fichas de recadastramento para a Câmara. Para quem mora nos estados, o procedimento continua o mesmo.

Agilidade no atendimento, organização e cumprimento das medidas sanitárias foram alguns dos principais pontos levantados pelos servidores ao serem questionados sobre suas impressões quanto ao recadastramento. Para Sandra Maria Fonseca, aposentada da Câmara, o serviço oferecido tem facilitado o processo de recadastramento, além de garantir a segurança e saúde de todos. “Não precisamos nos expor nas filas imensas dos cartórios, gostei muito da organização e do espaço oferecidos, com mesas espaçadas, filas e um atendimento impecável. Agradeço ao Sindilegis por mais essa iniciativa”, apontou.

Para Ronaldo Alves da Silva, também aposentado pela Câmara, a facilidade em resolver o recadastramento em um só lugar foi o ponto-chave. “Poder resolver tudo em um só lugar, já que a Câmara exigiu esta formalidade, foi uma excelente solução. Muito mais cômodo e seguro”, afirmou. A impressão foi corroborada também por Maria Beatriz dos Santos, aposentada: “Gostei bastante, o espaço do cartório está muito organizado e rápido”.

O custo para os servidores não filiados é de apenas R$ 4,40 para o reconhecimento de firma. Já os filiados não precisam pagar a taxa e têm uma fila preferencial. Quem não tiver cadastro de assinatura junto ao Cartório JK, poderá efetuá-lo gratuitamente com os cartorários que estão à disposição no Sindilegis. Contudo, é importante frisar que a declaração do recadastramento deverá ser obrigatoriamente assinada na presença de um colaborador do Cartório, não podendo trazê-la assinada. Também é indispensável a apresentação do documento de identificação e sua respectiva cópia.