Sindilegis enaltece atuação da Presidência do TCU e de todos os servidores que se empenharam pela aprovação da GD

img-18-08-2016-57b60d79c8bbf
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Diante da importante aprovação da integralização da Gratificação de Desempenho (GD) para os servidores aposentados do Tribunal de Contas da União (TCU), a Diretoria do Sindilegis registra o total agradecimento à atuação conjunta da Administração da Casa, dos ministros, das entidades e de todos os servidores.

O Sindicato ressalta especialmente o trabalho do Presidente do Tribunal, Ministro Aroldo Cedraz, que desde quando assumiu o comando da instituição vem priorizando a correção dessa grave distorção que tanto prejudicava os servidores.

“Sempre receptivo e dialogando conosco, o Presidente se dedicou internamente, junto à sua equipe, e externamente, no Ministério do Planejamento, pela correção dessa injustiça”, elogiou o vice-presidente do Sindicato, Eduardo Dodd, que recordou as diversas situações em que as entidades foram recebidas no gabinete do Presidente para discutirem o tema em busca de soluções.

Além disso, a Diretoria do Sindilegis exalta o árduo trabalho realizado pela equipe da Presidência, em especial a chefe de gabinete, Karla Amâncio, a assessora do Presidente, Adriana Palma; ao chefe de gabinete da ministra Ana Arraes, Ricardo Mello; e os Secretários do TCU Eduardo Monteiro (Segepres), Rainério Rodrigues Leite (Segecex), Carlos Roberto Caixeta (Segedam) e Adriano César Amorim (Segep); sem se esquecer de todos os servidores que compareceram às votações e se empenharam de alguma forma para o sucesso da integralização do pleito. 

Também não poderia faltar a gratidão do Sindilegis à Ministra Ana Arraes, que foi a relatora revisora do processo, e se sensibilizou diante da gravidade da situação, bem a todos os ministros que a acompanharam- Augusto Nardes,  José Múcio, Augusto Sherman e Benjamim Zymler – no voto favorável à integralização da GD para aposentados e pensionistas. “Em vista do quadro desanimador que a votação anterior trouxe para os servidores do TCU, o voto favorável da Ministra Ana Arraes e o trabalho desenvolvido por sua equipe foi essencial para chegarmos ao desfecho vitorioso”, destacou o diretor do Sindilegis Dario Corsatto.

O Sindilegis também enfatiza a valorosa e sábia postura adotada pelas entidades, que unidas têm alcançado sucesso nos importantes e complexos pleitos dos servidores. Reunidas e caminhando juntas, as associações representativas Auditar, ASAP, Una-TCU e ASTCU permanecerão de braços dados ao Sindilegis nos embates pela melhoria das carreiras para todos os servidores do TCU.

Shopping Basket