Sindilegis homenageia servidores que trabalham na gráfica

img-04-02-2016-56b38fa60acad
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

 

Conheça a história do Dia Nacional do Gráfico – 7 de fevereiro

O gráfico – ou profissional gráfico – é o empregado responsável pela operacionalização de máquinas copiadoras e impressoras, um cargo de vital importância na era atual da sociedade da informação, em que a difusão de dados, publicidades, informações e notícias ocorre cada vez mais rapidamente. Embora a informática atue no sentido de tornar digital tudo o que era antes apenas impresso, o papel das gráficas e de seus profissionais continua sendo muito relevante.

Portanto, comemora-se no dia 07 de fevereiro o Dia Nacional do Gráfico, que também pode ser entendido como Dia Nacional do Profissional Gráfico. Essa data foi criada no ano de 1923 em razão de uma greve ocorrida na época entre os profissionais gráficos, que reivindicavam melhores condições de trabalho e salários mais justos. O impacto e o consequente êxito da greve foram tão notáveis que se criou, então, um dia do ano para homenagear esse importante trabalhador e sua categoria.

A principal figura histórica responsável pela invenção da impressão e, consequentemente, pela difusão do trabalho do gráfico foi o ourives alemão Johannes Gutenberg (1400-1468), que aperfeiçoou a técnica de impressão em moldes jamais vistos, um feito revolucionário realizado em 1455. Antes de Gutenberg, para se fazer a cópia de um livro, era necessário um escriba e os custos de uma unidade eram muito elevados, fazendo com que a leitura fosse um privilégio da elite e do clero.

Johannes Gutenberg, o primeiro gráfico e pai da impressão gráfica moderna

Após a invenção da impressão, com a fabricação em massa de livros resistentes, o mundo conheceu a expansão do conhecimento, o que esteve no cerne do período do Renascimento, em que os novos ideais e as descobertas científicas passaram a difundir-se por todas as partes com uma facilidade nunca antes encontrada. Até hoje podemos dizer que a obra de Gutenberg é de vital importância para o funcionamento da sociedade.

Podemos dizer também que o trabalho do profissional gráfico não se restringe, atualmente, somente à impressão de documentos, cartazes, livros e outros. Esse profissional tem uma gama cada vez maior de afazeres e funções, graças aos avanços proporcionados pela revolução informacional, com a criação das artes digitais gráficas e outros, fazendo-se surgir profissionais como o arte-finalista, o designer gráfico e outros. Há, dessa forma, uma série de profissionais gráficos que atuam nas etapas de pré-impressão, impressão e acabamento.

Ao conhecermos o trabalho dos profissionais gráficos e a importância que esses especialistas possuem no contexto da sociedade, podemos perceber o quanto a força do trabalho garante a reprodução e o crescimento dos sistemas que estruturam a nossa vida. Portanto, a data escolhida para esses trabalhadores é mais do que importante para enfatizar a relevância de suas funções.

Fonte: Brasil Escola

 

Shopping Basket