Sindilegis intensifica visitas às Lideranças pela aprovação de reajustes salariais

img-18-05-2016-573cc7a5d19ee
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Uma das principais bandeiras de luta sindical, o reajuste salarial dos servidores do Poder Legislativo Federal e do Tribunal de Contas da União, ainda aguarda votação na Câmara dos Deputados. Os dirigentes do Sindilegis, liderados pelo presidente Nilton Paixão e pelos vices Paulo Cezar Alves, Eduardo Dodd e Petrus Elesbão, da Câmara, do TCU e do Senado, respectivamente, estão percorrendo os gabinetes dos Líderes Partidários, a fim de sensibilizá-los quanto à importância das correções remuneratórias.

“Nosso foco é convencê-los a aprovar os requerimentos de urgência em Plenário para, logo em seguida, analisarem nossos projetos de lei, principalmente depois que o Governo interino, comandado por Michel Temer, sinalizou que os acordos serão mantidos”, informou o vice-presidente do Sindilegis para a Câmara dos Deputados, Paulo Cezar Alves.

Os projetos de lei em análise são os seguintes: PL 2742/2015 (Câmara), PL 2743/2015 (TCU), PL 7926/2014 (TCU) e PL 4244/2015 (Senado). As propostas tratam do reajuste salarial dos servidores defendidos pelo Sindilegis em 21,3% nos próximos quatro anos, além de outras vantagens.

Assim que os requerimentos de urgência forem aprovados, o Sindilegis convidará todos os servidores a comparecerem na galeria do Plenário da Câmara como forma de mobilização e união a favor do pleito.

 

Shopping Basket