WhatsApp Image 2020-10-19 at 14.56.18

TCU é premiado por projeto de inovação que gerou economia de R$ 70 milhões aos cofres públicos

Solução desenvolvida pelo tribunal com uso de Inteligência Artificial garante mais rapidez na análise de processos

O Tribunal de Contas da União recebeu mais um prêmio por inovar na gestão por meio do uso da tecnologia. A Corte conquistou o 2º lugar no Prêmio Inovação do Judiciário Exponencial na categoria “Institucional”. A honraria foi concedida ao projeto de Instrução Assistida, que garantiu celeridade na análise dos processos e ainda gerou economia de R$ 70 milhões. A premiação reconhece iniciativas inovadoras na gestão, no uso de tecnologias emergentes e que modificaram os processos internos das instituições.

O secretário de Soluções de Tecnologia da Informação do TCU, Rodrigo Felisdório, explicou que a plataforma foi desenvolvida a fim de diminuir o tempo e o custo para a recuperação de danos causados aos cofres públicos. “A produtividade média aumentou 215%. Percebeu-se também uma redução expressiva de 45% no tempo de análise dos processos, possibilitando a diminuição do quantitativo de auditores dedicados à instrução de Tomadas de Contas Especiais e a realocação em outras atividades de fiscalização. Considerando o custo médio com servidores, a Plataforma permitiu uma economia de R$ 70 milhões/ano”, destacou.

O projeto do TCU concorreu com outros 107 projetos de mais de 40 instituições. A avaliação foi feita pela Fundação Instituto de Administração da Universidade de São Paulo (FIA-USP).

Para o servidor, a premiação sinaliza que o TCU está no caminho certo, utilizando a Tecnologia da Informação de forma estratégica e intensiva para transformar a atuação do controle em benefício da sociedade. “O reconhecimento é fruto da competência, comprometimento e ousadia de pessoas empenhadas em transformar a Administração Pública em prol do cidadão”, afirmou Felisdório.

0