WhatsApp Image 2020-12-16 at 12.04.41

Coral da Câmara dos Deputados envia mensagem de esperança para 2021

Sindilegis é grande apoiador do grupo e endossa mensagem de boas festas e de ano novo para filiados

O Coral da Câmara dos Deputados se apresentou, na última quinta-feira (10), com uma belíssima performance natalina. Devido à pandemia do coronavírus, os servidores que compõem o coral se apresentaram virtualmente, cada um em suas respectivas residências, mas sem deixar a sintonia e a magia de lado. Performando a canção “Cantate Domino”, sob regência de Deyvison Miranda, o Coral emocionou a todos.

O diretor-geral da Câmara, Sergio Sampaio, mandou uma mensagem de boas festas a todos os servidores: “Quero desejar um Natal abençoado, um Natal de luz e esperança. Esperamos que em 2021 tenhamos um ano ainda melhor. Por hora, em 2020 vencemos e superamos inúmeros desafios graças a vocês, servidores da Câmara”.

O Sindilegis é um grande apoiador do Coral desde o início de suas atividades. Para o vice-presidente Paulo Cezar Alves, iniciativas como essas humanizam os servidores e trazem leveza para o ritmo da Casa: “Tivemos um ano difícil e desafiador. Mas são momentos como esse, proporcionados pelo Coral, que nos fazem entrar no clima de fim de ano, solidariedade e confraternização. Para nós é um orgulho apoiarmos iniciativas humanas como essa”.

Parceria de sucesso – O servidor da Câmara Luiz Humberto, que faz parte do coral, conta que a pandemia foi um grande desafio para os coralistas. “No início, tentamos fazer os ensaios on-line, mas conciliar o coral com a intensa demanda do teletrabalho e das atividades do dia a dia dificultou um pouco essa dinâmica. Contudo, conseguimos trazer a metodologia de outros corais, que começaram a se apresentar on-line, para o da Câmara e desenvolvemos o método de gravação digital”.

Humberto explica que cada coralista gravou de sua própria casa – em um ambiente claro e com boa acústica, para depois as gravações serem trabalhadas por um software. Uniformizados com roupas pretas e com fundo branco, os servidores gravaram do próprio celular a canção. “Eu mesmo fiz do closet da minha casa e, depois, do banheiro do meu filho. Claro que é um vídeo caseiro, amador, mas é interessante que o resultado foi muito gratificante. As gravações foram para um técnico de som, que fez os ajustes, e depois o técnico de imagem trabalha o restante”.

Além de enaltecer a parceria com o Sindilegis, que se dá desde 2017, Humberto também elogiou os funcionários do posto da Câmara, em especial Eneida Gomes, responsável pela marcação das audições com aqueles servidores que desejam fazer parte do coral. “Recriamos o coral da Câmara em 2017, mas já tiveram outras versões. Era um grupo pequeno, de 12 cantores. O Helder [Azevedo] e o Paulinho [Cezar Alves], membros do Sindilegis, deram todo o apoio. Pegamos colegas com experiência, preparamos um repertório natalino e o restante fluiu muito bem. A partir de 2018 abrimos para outras pessoas, até para aqueles que não tinham experiência com coral. Cada um passou por um crivo, uma audição. E o Sindicato nos ajudou muito nesse processo, principalmente a Eneida [funcionária], que até hoje nos auxilia. As pessoas que mostravam interesse em musicalidade ligavam para o posto na Câmara, a Eneida fazia todo esse processo da inscrição e marcávamos a audiência”.

Dezenas de audições já ocorreram nesse ano. “Criamos também uma escolinha para desenvolver essas habilidades para os servidores que têm interesse, mas não têm ainda muita técnica”. Para os servidores, ser parte do coral é uma válvula de escape que proporciona muito prazer. “Temos muito feedbacks dos colegas de que o coral é uma válvula de escape. Nossos servidores são muito pressionados, principalmente os que lidam com os parlamentares. E essa resiliência é uma característica que o servidor da Câmara tem”.

Confira a apresentação no vídeo abaixo:

6
Tags: No tags