b00a8e47941393.Y3JvcCw4MDgsNjMyLDAsMA

Sindilegis é premiado internacionalmente por campanhas contra reforma da Previdência e machismo

Prêmio Lusófonos de Criatividade, realizado em Portugal, rendeu seis estatuetas para o Sindicato

Pelo segundo ano consecutivo, o Sindilegis foi premiado internacionalmente por campanhas que realizou ao longo de 2019. Nesta quarta-feira (18) foi anunciado, em Portugal, que o Sindicato dos Servidores do Poder Legislativo Federal e do TCU levou troféus de bronze em seis categorias. As campanhas premiadas foram ações voltadas para temas como a reforma da Previdência, pelo mês da mulher e contra o machismo institucionalizado.

Presidente do Senado, Davi Alcolumbre fez questão de participar da campanha

No mês da mulher, o Sindilegis realizou a campanha “Armas contra o Machismo” e usou símbolos da repressão para inovar significados. Convidou senadores e deputados a empunharem vassouras e colheres de pau, se comprometendo a “varrer o machismo” ou “meter a colher em briga de casais”. A ação mobilizou até mesmo presidente do Senado, Senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), que fez questão de participar da ação.

Já em setembro, o Sindilegis levou letras gigantes para a frente do Congresso Nacional. A palavra? Aposentadoria. A performance foi arquitetada para demonstrar o que sobraria após a aprovação da reforma da Previdência que, à época, estava tramitando no Congresso. Ao fim, depois de muitas marteladas, restou uma única palavra oriunda de Aposentadoria: DOR. A ação bateu recorde de engajamento na página “A Previdência é Nossa!” e ganhou destaque na mídia nacional e entre os parlamentares.  A campanha foi feita em parceria com a Fonacate.

 

As campanhas foram idealizadas pela agência Fermento, que atende atualmente o Sindilegis na parte de publicidade, propaganda e promoções e contou com toda a equipe do Sindicato. “Agradeço a todos os nossos colaboradores e parceiros que têm suado muito a camisa para modernizar o Sindilegis. Mudamos nossa postura! Assumimos nosso papel não apenas em questões que nos afetam diretamente, mas àqueles que afetam a sociedade também. Estamos orgulhosos e esse é só o começo”, afirma o presidente do Sindilegis, Petrus Elesbão.

O Sindilegis já havia ganhado esse mesmo prêmio em 2018, também pela campanha do mês da mulher chamada “Florzinha é bom, mas direitos iguais é melhor”, que chamava a atenção dos parlamentares ao fato de que, apesar de serem mimadas no Dia da Mulher, o que importa mesmo são as mudanças no dia a dia. Ao invés de ganharem, as mulheres entregaram rosas aos parlamentares com a mensagem da ação.

Sobre o prêmio

Os Prémios Lusófonos da Criatividade são um festival internacional de criatividade sediado em Portugal e também o único mundialmente dedicado exclusivamente a premiar, homenagear e debater os mercados publicitários e de comunicação dos países de língua oficial portuguesa.

Tags: No tags

Deixe seu comentário