WhatsApp Image 2020-11-20 at 18.03.40

Sindilegis desmonta farsa de denúncias anônimas e fake news

Diretoria também deu esclarecimentos quanto ao Pasesp, ao Legis Club Brasil e outras demandas

Nesta quinta-feira (19), o presidente do Sindilegis, Petrus Elesbão, os diretores Helder Azevedo e Fátima Mosqueira, e o membro do Conselho Fiscal Márcio Hudson estiveram ao vivo, no canal do Youtube do Sindicato, para esclarecer dúvidas e dar mais informações sobre demandas de interesse dos servidores.

Fake new desmascarada – O Sindilegis relembra que, em tempos de globalização, a transmissão de informações é uma verdadeira ferramenta poderosa e dicotômica. Por isso, deve ser usada com responsabilidade. Seguindo os princípios de responsabilidade e transparência, divulgou um vídeo para rebater as denúncias “anônimas” e rechaçou qualquer atitude que venha a comprometer o processo eleitoral, cuja eleição será realizada no dia 30 de novembro.

O membro do Conselho Fiscal Márcio Hudson esteve presente na live e se manifestou contra as supostas denúncias de irregularidade na gestão financeira do Sindilegis. “Estou aqui, em nome do Conselho, para dizer que todas as contas foram analisadas minuciosamente. Sou auditor do TCU e trabalho com isso há 33 anos. Relembro, inclusive, que a prestação de contas foi sido aprovada em assembleia e, na ocasião, não apareceu ninguém para contestá-la. Estranhamente, em plena eleição, aparece um denuncismo plantando notícias falsas na imprensa, que sequer nos procurou para ouvir sobre o caso”, apontou.

Em relação às supostas denúncias anônimas feitas ao Ministério Público contra o Sindilegis, todos os pontos já foram rebatidos, conforme nota publicada em https://bit.ly/36NGwXL. Sobre as motivações da denúncia, o Sindicato pede que você assista ao vídeo abaixo:

Pasep – Os advogados responsáveis pela ação obtiveram novo prazo para a entrega dos extratos. Agora, é possível encaminhar as informações até o dia 15 de dezembro de 2020. “Ou seja, um mês a mais além dos 60 dias que nós já havíamos conseguido”, explicou Elesbão. Aqueles que ainda não entregaram, atenção: o extrato deverá ser o analítico e conter todas as movimentações da conta desde 1999. Em seguida, é necessário digitalizá-lo em PDF para ser enviado ao e-mail [email protected]. Não serão aceitos extratos microfilmados. Também é possível entrega-lo presencialmente na Consultoria Jurídica, localizada na sede do Sindicato.

Parcela compensatória – Conforme noticiado anteriormente, o Senado Federal já se pronunciou e afirmou que, em dezembro, irá devolver o valor correspondente à parcela descontada em novembro. Não ocorrerão novos descontos no contracheque. Além disso, o Sindicato está analisando a possibilidade do desconto ocorrido em outubro também ser devolvido.

Vantagem Opção – A Diretoria da Câmara dos Deputados informou que já estuda como será feito o cancelamento do desconto. Em relação ao Senado Federal, os advogados do Sindilegis já estão em contato para verificarem como a Casa irá proceder para cumprir a ação judicial que determina o corte dos descontos. Vale ressalta que essa foi uma conquista do Sindicato e que somente filiados, tanto da Câmara quanto do Senado, desde a propositura da ação, serão beneficiados com a decisão.

Quintos/TCU – Os contadores e advogados do Sindilegis já realizaram todos os cálculos para aqueles servidores do Tribunal que terão direito a receber a rubrica e já fizeram contato com cada um para informar os valores. Se por ventura algum filiado que for contemplado ainda não souber essa informação, ligue para a Consultoria Jurídica e verifique seu caso. Os telefones são: (61) 3246-2401 ou (61) 99964-9591.

Quintos/Câmara e Senado – A Câmara já forneceu ao Sindilegis a lista com os dados de todos os servidores que fazem jus à incorporação. Contudo, o Senado ainda não providenciou essa relação. O Sindilegis reitera que ambas as Casas já pagam as incorporações mensalmente nos contracheques dos servidores e que fará os cálculos para verificar se há possível resíduo a ser recebido.

Legis Club Brasil – Em primeira mão, o Sindilegis anunciou que, em dezembro, será lançado o “LegisFarma”. Com ele, será disponibilizado um rol de remédios e medicamentos com preços bem abaixo do que são praticados pelo mercado. Mais informações serão divulgadas em breve.

Além disso, o presidente do Sindilegis enalteceu os benefícios oportunizados pelo Feirão de Oportunidades, que acontece mais uma vez e já trouxe facilidades para centenas de filiados. Em menos de um mês, foram distribuídos mais de 20 mil litros de combustível, vendidos quatro carros, além de dezenas de utensílios domésticos. “De dois anos para cá, o Legis Club proporcionou mais de R$ 5 milhões em benefícios aos filiados, distribuídos em várias parcerias nos segmentos de farmácia, escola, viagens, etc.”, salientou Elesbão.

Sicoob Legislativo – Outra novidade anunciada foi a possibilidade de adquirir e renegociar empréstimo consignado com o Sicoob Legislativo com taxas a partir de 0,6% a.m. E o melhor: a primeira parcela poderá ser paga após 90 dias. “Nenhum outro banco ofereceu tanta facilidade igual o Sicoob está oferecendo agora”, informou. É importante salientar que é preciso ser associado à cooperativa para garantir o benefício.

0