Sindilegis prestigia livro sobre os palácios originais de Brasília

DSC_0013
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

 

Como parte das homenagens que celebram o nascimento de Oscar Niemeyer e o Dia Nacional do Arquiteto e Urbanista, a Câmara dos Deputados, em parceria com o Sindilegis, lançou, na tarde da última segunda-feira (15) o livro “Os palácios originais de Brasília”, de autoria do servidor e arquiteto da Casa Elcio Gomes da Silva.

A solenidade, que ocorreu no Salão Negro, ficou lotada de servidores, amigos e familiares para prestigiarem Gomes, cuja obra é resultado de sua tese de doutorado, na qual o autor realizou uma meticulosa pesquisa sobre os primeiros palácios construídos para a inauguração de Brasília e a transferência da capital na década de 60. Motivada pela necessidade de preservação do patrimônio, a tarefa teve por base o estudo dos registros de arquitetura e de engenharia estrutural, elaborados na época, para identificar nas obras construídas o conjunto de valores declarados pelos autores de projetos.

O vice-presidente do Sindilegis para a Câmara, Paulo Cezar Alves (Paulinho), afirmou que o Sindicato apoia e patrocina iniciativas como a solenidade do livro por acreditar na importância da disseminação cultural das raízes originais de Brasília. “A obra do Elcio Gomes não é apenas uma publicação literária, mas também um arquivo cheio de memórias e fatos de um cenário completamente diferente da nossa Brasília atual. Nada mais justo do que nós, do Sindilegis, prestigiarmos uma iniciativa, que deve ser seguida por todos aqueles que desejarem estudar mais a fundo os passos iniciais da capital do nosso País”, afirmou.

Emocionado, o servidor Elcio Gomes agradeceu o apoio de seus familiares, amigos e docentes que o auxiliaram na construção de memórias e informações sobre os monumentos originais da capital federal. “É uma satisfação poder lançar este livro nesse dia em que lembramos o aniversário de Niemeyer, bem como comemoramos o Dia Nacional do Arquiteto. Assim como os palácios, essa publicação que lançamos agora não teria sido possível sem a ajuda de muita gente e eu gostaria de agradecer a todos que contribuíram direta e indiretamente para essa obra”, enalteceu.

Ao longo de mais de 400 páginas, o livro descreve as diversas etapas do processo de criação dos Palácios da Alvorada, do Congresso Nacional, do Planalto e do Supremo Tribunal Federal. Fartamente ilustrado com fotografias de maquetes e desenhos originais de Oscar Niemeyer e de Joaquim Cardozo, produzidos entre 1956 e 1960, também apresenta desenhos especialmente elaborados para a publicação.

Shopping Basket